Distúrbio Alimentar VS carência afetiva

domingo, 28 de junho de 2015



Distúrbio Alimentar VS carência afetiva



A vida é um poço bem fundo, carregada de sentimentos inigualáveis capaz de nos fazer bem e ao mesmo tempo nos fazer mal. Os sentimentos e o bem estar tem tudo haver com a situação em que se encontra o nosso corpo. Frustrações,ansiedade, falta de reciprocidade,carinho e amor. São tópicos potencializadores que resultam na consequência da saúde corporal.
Não é difícil não, achar uma pessoa que desenvolveu um quadro de pressão alta, taxa de triglicerídeos elevada,hiperglicemia,anemia,desnutrição,anorexia e outras enfermidades. Essas cronicidades ocorrem quando: você acabou um relacionamento no qual você nunca imaginaria que acabasse, um ente querido que faleceu, separação dos pais e etc. Esses fatores ocasionam a questão de malefícios ao organismo pois desencadeia várias outras patologias que mexem com os sentimentos e que através desses stress desencadeiam uma série de doenças que vem para por ainda mais para baixo o astral e a auto estima.




  •    Vazio de sentimento e não de estomago

A carência emocional esta ligada e unida ferozmente com a comida. Pois, o individuo ele tenta preencher o seu vazio interior com comida, que na verdade não sacia, pois não é um vazio de fome e sim, um vazio sentimental. Neste quesito se busca formas de preenchimento para as lacunas das emoções.




  • ¨       Colaboração da família

A família tem que abraçar a causa e dá total apoio e ajudar na recuperação. Prestar mais atenção no individuo que esta sofrendo, a atenção é tudo neste momento.




 ¨       Reeducação Alimentar
Assim que o nutricionista fizer o cardápio é de extrema importância segui-lo corretamente para retardar os problemas que foram ocasionados pelo laços sentimentais. ´É necessário que a dispensa seja abastecida com alimentos funcionais e não muito calóricos, evitar o consumo excessivo de doces e gorduras ruins para o nosso organismo, abusar bastante dos legumes,frutas e hortaliças.



 ¨       Atividade complementar de rotina.

O ideal também é o indivíduo procurar algo que goste de fazer e implementar na sua rotina o que pode ser benéfico e que ajudará no tratamento. Uma leve corrida três vezes por semana, musculação, Dança de salão, academia de artes maciais e etc. São de grande ajuda!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial
 
Copyright © 2015. Alexandre Tavares Nutrição.
Design by Herdiansyah Hamzah. Published by Mais Template.
Creative Commons License